sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Eu quis e hoje não quero mais.


Eu quis tanto crescer, ter pensamento de adulto e sentimentos maiores que minha idade até! Eu sofri cedo, senti demais cedo, aprendi coisas demais em um determinado pouco tempo. Eu fiz minhas escolhas e achei que estava sendo o certo. Infelizmente a vida é algo que não podemos voltar atrás, que o dia em que vivemos é o que construímos do futuro! Vivemos de uma forma tão desesperada que atropelamos o nosso próprio tempo.
Era lindo acordar e ter um monte de brinquedo pra brincar. Foi lindo ouvir que estava crescendo e melhor ainda foi crescer ao lado de pessoas super especiais como as minhas melhores amigas. Elas são muitas, porém dividas em graus de confiança! Então porque melhores amigas? Por que eu tive uma educação muito diferente de tudo, fui criada e educada igual todas elas. No mesmo condomínio, com os mesmos hábitos.. Como por exemplo: tínhamos hora da escola e íamos todas juntas, tinha a hora de ir pro pátio, tinha a hora de subir e ir dormir. Fomos tão felizes que não reparamos o quão. O que houve? Crescemos, conhecemos pessoas novas, coisas novas, lugares novos. A conseqüência disso tudo foi a separação de todas nós. Como assim? Não moram mais juntas? Sim, moramos ainda e nos vemos freqüentemente, porém agimos como estranhas. Não nos tratamos mal, claro! Porém dói muito mais ver toda essa distancia pouca criada por nós mesmos.
Não posso reclamar muito, pois eu também contribuí para isso e pra falar a verdade, MUITO. Eu sempre de todas as meninas fui a que mais viajei pelo meu próprio mundo. Conheci pessoas demais primeiro que elas, as chamei prós mesmos locais que eu estava conhecendo, apresentei pessoas legais e diferentes.. Enfim, crescemos! é. Passamos a ter sentimentos, tivemos o nosso primeiro beijo, o nosso primeiro namorado, a primeira borboleta no estômago. Tudo foi muito lindo enquanto aconteceu e a falta que faz é tremenda. Agora entendo por que os adultos dizem para não desejarmos crescer.
Hoje eu sofro de uma coisa que já não tem mais concerto! A saudade que invadiu o lugar por onde as coisas vão continuar da forma em que estão. Eu lamento muito por não poder mudar isso e crio forçar para seguir diante disso tudo. Quero aprender com meus dias a concertar os meus sentimentos em primeiro lugar, por que por um triz estou a ponto de deixá-lo em ultimo lugar denovo. Sim, sempre fui um tanto fria e sinto que estou me tornando de novo, lamentável.

beijos e boa noite.
Feche os olhos e cubra-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário